Relações entre características do bar e a intoxicação dos clientes na Europa.

Prevenir os danos da intoxicação alcoólica em bares e baladas é prioridade internacional crescente. Fatores relacionados com os ambientes destes locais podem contribuir para maior consumo de álcool e danos. Compreender as relações entre tais fatores e a intoxicação alcoólica em bares e baladas europeias  é fundamental para o desenvolvimento de intervenções adequadas. Foi realizado um estudo quantitativo observacional em 60 bares em quatro cidades europeias, na Holanda, Eslovénia, Espanha e Reino Unido (n = 237 visitas de observação). Usando um roteiro observacional estruturado, os pesquisadores registraram características do ambiente do bar e os níveis de intoxicação dos clientes. Todas as características físicas do bar apresentaram associações com a intoxicação. Modelagem hierárquica encontrou significativas associações independentes entre intoxicação e uso de copos de plástico, promoção de bebidas energéticas, ambientes permissivos, instalações sanitárias sofríveis, a presença de uma pista de dança, atividade sexual dos clientes e competitividade sexual. Os resultados sugerem que os esforços de prevenção devem focar em aumentar e reforçar os padrões de gestão dos bares. Embora as medidas de redução de danos, tais como copos de plástico são muitas vezes promovidas por bares de alto risco, tais medidas são insuficientes para responder às preocupações de saúde pública e insuficientes para demonstrar a responsabilidade social.

 

Hughes, K.; Quigg, Z.; Bellis, M.A.; Calafat, A.; Hasselt, N.; Kosir, M.; Voorham, L.; Goossens, F.X.; Duch, M.; Juan, M. Drunk and Disorganised: Relationships between Bar Characteristics and Customer Intoxication in European Drinking Environments. Int. J. Environ. Res. Public Health 20129, 4068-4082.