A influência do ambiente de trabalho em Barmen

A literatura aponta que os barmen têm um papel essencial no que se refere à saúde e à segurança dos baladeiros. Entretanto, pouco se sabe sobre como os barmen são afetados pelo ambiente em que trabalham, especialmente sobre a sua exposição à violência, pressão para beber e estresse.

Um pesquisa realizada na Dinamarca com 424 barmen apontou que 71% relataram terem consumido bebidas alcoólicas durante o trabalho. Chama atenção que 33% beberam por sentirem-se pressionados e não por estarem com vontade.  Com relação às drogas ilícitas, 6%  reportaram uso durante o trabalho.

A pesquisa mostra que ataques verbais e ameaças são comuns e estão associadas ao alto nível de estresse notado. Os resultados mostram que o ambiente de trabalho dos barmen representa um risco para o desenvolvimento de transtornos relacionados ao alto consumo de álcool. Ressalta-se que devido ao fato de muitos consumirem quantidades significativas de álcool durante suas horas de trabalho, a segurança dos próprios barmen bem como de seus colegas de trabalho e baladeiros pode ser afetada.

Formas de se regular o consumo de álcool entre os barmen bem como práticas para melhoria das condições de trabalho, são fundamentais para garantir a segurança de todos os envolvido no contexto das baladas. 

Tutenges, S., Bøgkjær, T., Witte, M., & Hesse, M. (2013). Drunken environments: a survey of bartenders working in pubs, bars and nightclubs. Int J Environ Res Public Health, 10(10), 4896-4906. doi: 10.3390/ijerph10104896